20/02/2023

5 Dicas para a mulher ter um sono de qualidade

Ter um sono de qualidade é importante para todas as pessoas, mas estudos dizem que as mulheres estão mais propensas a sofrerem com distúrbio do sono. Conheça 5 dicas da Fabrispuma para dormir bem.

A rotina da mulher moderna, com o acúmulo de tarefas e responsabilidades afetam diretamente a saúde mental e impactam na qualidade do sono. Além da saúde mental, as questões biológicas das mulheres também interferem no sono.

As alterações hormonais que acontecem todo mês e alguns ciclos da vida da mulher afetam o hormônio do sono, conhecido como melatonina. Os fatores mais comuns são: o ciclo menstrual, gravidez, pós-parto e a menopausa.

O sono de qualidade é de extrema importância para as mulheres, o recomendado é ter entre 7 a 9 horas de sono por noite. Dormir bem recupera a energia, renova as células e contribui para a saúde mental, evitando problemas como: ansiedade, exaustão mental, depressão e irritabilidade.

Conheça as fases do sono neste post: Precisamos de quantas horas de sono?

O famoso “sono da beleza” também é muito importante para retardar o envelhecimento e proporciona uma pele mais bonita.

Confira 5 dicas que a Fabrispuma preparou e tenha ótimas noites de sono.

1 - Durma em colchões, travesseiros e roupas de cama de qualidade e mantenha o quarto confortável e arejado.

2 - Estabeleça horários regulares para dormir e acordar.

3 - Evite álcool e bebidas com cafeína algumas horas antes de dormir.

4 - Pratique atividades físicas, mas evite exercícios físicos próximo ao horário de dormir.

5 - Evite atividades com telas (Celular, tablet, computador e TV) antes de dormir.

Agora que você já sabe da importância do sono de qualidade para as mulheres é só seguir essas dicas simples para dormir bem e cuidar da saúde do sono.

Para ter um colchão e um travesseiro de qualidade, fale com nossos vendedores online ou visite uma das mais de 95 lojas da Fabrispuma.

Para mais dicas, nos acompanhe também no Facebook, Instagram, Youtube, Linkedin, Pinterest, TikTok.

Por: Joseana Alcalá